seCRETARIA DE EDUCAÇÃO/PB: PROVAS APLICADAS NO DOMINGO, 03/12/2017

As provas objetivas destinadas à seleção de profissionais para o cargo Professor de Educação Básica 3 – diversas disciplinas, da carreira do Magistério Estadual, para o âmbito da Secretaria de Estado da Educação do Estado da Paraíba, foram aplicadas no último domingo, 03/12/2017. O Certame conta com mais de 28.000 candidatos inscritos, que concorrem ao total de 1.000 vagas, distribuídas em diversas disciplinas.

A Etapa Prova Objetiva foi aplicada normalmente em várias cidades do Estado da Paraíba. Os procedimentos de segurança, destinados a garantir a isonomia do concurso, foram executados em conformidade com a legislação em vigor.

O gabarito preliminar da Prova Objetiva foi divulgado conforme Cronograma Previsto – ANEXO II do Edital de abertura do Concurso. Para acompanhar o processo de execução deste Certame, com as informações pertinentes, solicitamos aos candidatos que acompanhem o processo de execução na página do Concurso, conforme previsto no Edital N.º 01/2017/SEAD/SEE.


ESCLARECIMENTOS SOBRE A REPORTAGEM DA FOLHA DIRIGIDA DO DIA 21/09/2017

O IBADE – Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – esclarece que o Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, firmado entre o Ministério Público do Acre e a Secretaria de Gestão Administrativa, não exclui o Instituto de ser contratado para futuros concursos, como a reportagem da Folha Dirigida menciona. O TAC apenas exige que a SGA contrate concursos por meio de licitações. Isso significa que o IBADE pode sim concorrer, e caso seja selecionado no processo, fique responsável pela organização do concurso no Estado do Acre.

A FUNCAB, mencionada no TAC, já organizou diversos concursos no Estado do Acre. Mas, desde março de 2016, não presta mais serviços de organização de concursos públicos.A decisão foi tomada depois de uma recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, que indicou que fundações não mais realizassem concursos públicos no Brasil, e não pela existência de fraudes nos certames realizados pela FUNCAB.

Em razão de não assinar novos contratos, cujo objetivo versa sobre realizar concursos públicos e processos seletivos, a FUNCAB migrou para o IBADE sua capacidade técnica, conforme preconiza o Acórdão nº 2444/2012 – Plenário do Tribunal de Contas da União.

O IBADE possui capacidade técnica necessária para realização de qualquer concurso público, seja no âmbito municipal, estadual ou federal. Apresentou todos os documentos necessários à contratação efetuada pela SGA para realização dos concursos públicos da Polícia Militar do Acre e Polícia Civil do Acre.

O IBADE destaca ainda que não foi notificado para se manifestar quanto aos termos do TAC, e nem sobre qualquer irregularidade nas etapas dos concursos realizados no Acre.

O IBADE não é alvo de nenhuma suspensão e de nenhuma investigação. Sendo assim, o instituto desmente qualquer notícia de possíveis irregularidades na realização da Avaliação Psicológica no Concurso da Polícia Militar do Acre ou quaisquer etapas, e que os cronogramas dos concursos seguem regularmente.

O IBADE está à disposição para qualquer questionamento ou dúvida.